[Tutorial] Configurando um Plano de Teste no Microsoft Test Manager 2010

Oi Pessoal,

dando continuidade aos Tutoriais sobre o Microsoft Test Manager 2010, neste post vou falar sobre as configurações possíveis em um Plano de Teste.

Post Anterior: Criando um Plano de Testes

No Menu "Plan", clicando na aba "Properties" é possível visualizar as configurações do Plano de Teste:

Clique na Imagem para ampliá-la.

1) Name: É o nome do Plano de Teste definido anteriormente. É possível alterar o nome do Plano.

Recomendo criar um padrão para nomeação de plano de testes. Na empresa onde trabalho, criei o seguinte padrão:

VERSÃO DO PRODUTO_SIGLA_CICLO DE TESTE

A versão do produto, bom, é a versão do produto, rs...

A Sigla, criei as seguintes siglas:

  • MT - Manutenção
  • SI - Fase de Teste de Sistema
  • IN - Fase de Teste de Integração
  • UAT - Fase de Teste de Aceitação de usuário

E o Ciclo de Teste é um número incremental. No caso da minha empresa, a fase de testes é dividida em iterações. Cada iteração é um Ciclo de Teste.

2) Description: É a descrição do Plano de Teste. Este campo é de preenchimento livre e não obrigatório.

3) Owner: A quem pertence o Plano de Testes. Eu recomendo deixar o Plano de Testes no nome de quem deverá gerenciá-lo, podendo ser o Líder, Engenheiro, Arquiteto de Testes etc.

4) State: Estado do Plano de Testes. Este campo define se o Plano está ativo ou inativo. Um Plano de Teste inativo não será visualizado na seleção inicial de Plano de Testes. Para visualizar um Plano de Teste inativo é necessário navegar até o Menu "Organize" e clicar na aba "Test Plan Manager".

5) Start Date: Dia em que o Plano de Teste começará a ser executado. Este campo não influencia na execução dos casos de teste.

6) End Date: Dia em que o Plano de Teste será finalizado. Este campo não influencia na execução dos casos de teste.

7) Area Path: É possível selecionar a área a qual o Plano está relacionado. Para maiores detalhes leia este tutorial: Tutorial - Gerenciando Areas e Iterations

8) Iteration: É possível selecionar a iteração a qual o Plano está relacionado. Para maiores detalhes leia este tutorial: Tutorial - Gerenciando Areas e Iterations.

9) Manual Runs - Testing Settings: É possível selecionar definições de teste para testes manuais. Para maiores detalhes leia este tutorial: Tutorial - Configurações de Teste com Microsoft Test Manager 2010

10) Manual Runs - Test Environment: É possível selecionar o ambiente de teste para testes manuais. Para maiores detalhes leia este tutorial: Tutorial - Configurando um Ambiente Físico com o Microsoft Test Manager 2010

11) Automated Runs - Testing Settings: É possível selecionar definições de teste para testes automatizados. Para maiores detalhes leia este tutorial: Tutorial - Configurações de Teste com Microsoft Test Manager 2010

12) Automated Runs - Test Environment: É possível selecionar o ambiente de teste para testes automatizados. Para maiores detalhes leia este tutorial: Tutorial - Configurando um Ambiente Físico com o Microsoft Test Manager 2010

13) Build - Filter for builds: É possível definir um Filtro que será utilizado para relacionar um Build ao Plano de Teste. Estas opções irão filtrar quais Builds poderão ser associados ao Plano de Teste.



14)  Build - Build in use: É possível vincular um Build ao Plano de Testes. Com isso, quando um novo Build for criado e relacionado ao plano, será exibido automaticamente que testes são recomendados baseado na alteração do Build. Para isso é necessário ativar o coletor "Test Impact" no "Testing Settings".

Clicando em "Modify" será possível selecionar um Build.



15) Configurations - In this plan: É possível selecionar configurações de teste para o Plano de Teste. Para maiores detalhes leia este tutorial: Tutorial - Gerenciando Configurações de Teste

16) Links: É possível adicionar Links externos ao Plano de Teste.

17) Test Plan Status - Current State of Tests: Este gráfico demostra o estado atual de execução dos testes neste plano de testes.

18)  Test Plan Status  - Failed Tests by Reason: Este gráfico demostra a razão dos testes terem falhado. É necessário que alguém defina este valor manualmente após a execução de um caso de teste.

19)  Test Plan Status  -  Failed Tests by Analysis : Este gráfico demostra a análise da falha do teste. É necessário que alguém defina este valor manualmente após a execução de um caso de teste.

Após configurar o Plano Clique em "Save and Close".

Pronto, o plano de testes está preparado para execução!

Abraços!

Alan.

Procurando uma empresa para lhe ajudar a migrar seus aplicativos para nuvem? Acesse: https://www.saguitech.com.br

Comentários

  1. Realmente muito bom esse seu Tutorial (as duas partes). Ainda estou lendo os demais, mas gostei muito do modo objetivo como descreveu as telas.

    ResponderExcluir
  2. porque meu test manager não aparece a opção de test plan status?????

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

[Tutorial] Executando Code Metrics com Visual Studio

[Tutorial] - Automatizando Testes com SAP e Visual Studio

[Tutorial] Automatizando testes com o Visual Studio Manualmente